Renda Fixa

Investir em renda fixa rende mais que a poupança.

O que é Renda Fixa?

Investimentos em renda fixa são como uma espécie de empréstimo que você concede à uma instituição por um prazo determinado em troca de juros. Esses juros são baseados em uma taxa que é combinada no momento em que o investimento é feito.

Títulos de Renda Fixa

Conheça os principais tipos de títulos de renda fixa e as características de cada um deles.

CDB (Certificado de Depósito Bancário)

São títulos de renda fixa emitidos por instituições financeiras, autorizadas pelo Banco Central, com o objetivo de captar recursos para financiar suas atividades.

CRA (Certificado de Recebíveis do Agronegócio)

São títulos de renda fixa emitidos por empresas securitizadoras para financiar projetos do agronegócio.

CRI (Certificado de Recebíveis Imobiliários)

São títulos de renda fixa emitidos por empresas securitizadoras para financiar projetos no setor imobiliário.

Debêntures

São títulos de renda fixa emitidos diretamente pelas empresas com o objetivo de financiar projetos, aumentar o capital ou pagar dívidas.

DPGE (Depósito a Prazo com Garantia Especial)

São títulos de renda fixa emitidos por instituições financeiras, autorizadas pelo Banco Central, com o objetivo de captar recursos para financiar suas atividades. Seu diferencial é oferecer uma garantia maior do FGC em relação aos demais títulos.

LC (Letra de Câmbio)

São títulos de renda fixa emitidos por instituições financeiras privadas, autorizadas pelo Banco Central, com o objetivo de captar recursos para financiar suas atividades.

LCA (Letra de Crédito do Agronegócio)

São títulos de renda fixa emitidos por instituições financeiras, autorizadas pelo Banco Central, para financiar projetos do agronegócio.

LCI (Letra de Crédito Imobiliário)

São títulos de renda fixa emitidos por instituições financeiras, autorizadas pelo Banco Central, para financiar projetos no setor imobiliário.

LF (Letra Financeira)

São títulos de renda fixa emitidos por instituições financeiras, autorizadas pelo Banco Central, com o objetivo de financiar atividades de concessão de crédito.

Tesouro Direto

É um programa do Tesouro Nacional, em parceria com a B3, para oferecer títulos públicos do governo federal para pessoas físicas.

Como funciona o Imposto de Renda em Renda Fixa?

Alguns títulos de renda fixa são isentos de Imposto de Renda para pessoa física como os LCIs, LCAs, CRIs, CRAs e debêntures de infraestrutura.

Já os CDBs, LCs, LFs DPGE e debêntures simples são taxados sobre o valor do rendimento. A taxa varia de acordo com o tempo que o dinheiro fica investido

  • até 6 meses: 22,5%
  • de 6 meses a 1 ano: 20%
  • de 1 a 2 anos: 17,5%
  • acima de 2 anos: 15%

Títulos de Renda Fixa com garantia do FGC

Muitos títulos de renda fixa possuem a garantia do FGC (Fundo Garantidor de Crédito).

O FGC garante o valor do seu investimento mais rendimento em caso de falência da instituição que emitiu o título. Essa garantia é de até R$ 250 mil por CPF e por emissor a cada 4 anos.

Para saber se um título possui essa garantia, basta procurar pelo símbolo do FGC na lista de títulos disponíveis na plataforma da Órama.

Investir em Renda Fixa é prático e sem custos

Abra sua conta e comece a investir.